5 maiores erros no Departamento Pessoal

O DP é o setor responsável por gerenciar todas as questões burocráticas relacionadas aos colaboradores, envolvendo muitas rotinas e processos complexos. Cometer erros no Departamento Pessoal pode prejudicar o setor e acarretar em problemas para a empresa e para os colaboradores.

É muito importante que o profissional de DP esteja atento às suas obrigações e compreenda de forma ampla todas as rotinas e procedimentos, além de dominar todas as normas e a legislação do setor.

Imagem por @monsterstudio / freepik

Hoje você vai conferir os principais erros no Departamento Pessoal e algumas dicas estratégicas para minimizar essas falhas no seu setor.

Os maiores erros no Departamento Pessoal: 5 exemplos

1. Ausência de Processos Definidos

É fundamental que o Departamento de Pessoal estabeleça de forma clara e objetiva cada uma de suas tarefas, regras e prazos, sem se esquecer de realizar um acompanhamento para evitar retrabalho, atrasos e o não cumprimento das obrigações legais.

É muito importante que você, profissional de DP, tente documentar todos os processos do setor para evitar uma possível desorganização e consequentemente, resultar em uma equipe improdutiva.

Tente mapear os processos, estabelecendo um cronograma diário, semanal e mensal efetivo.

2. Subestimar a legislação

Não consultar à legislação, manuais e documentos legais podem trazer inúmeros erros dentro das rotinas e processos do Departamento Pessoal, já que a Legislação Trabalhista, Convenções Coletivas, Tributação e o relacionamento com as Entidades Governamentais estão em constantes mudanças e atualizações.

É possível ter acesso à legislação na internet para facilitar o entendimento e a tomada de decisões, assim como, participar de fóruns e até mesmo, solicitar um aconselhamento jurídico na sua empresa, caso exista essa possibilidade.

3. Erros na Folha de Ponto

O acompanhamento da Jornada de Trabalho dos Colaboradores é realizado através dos sistemas de gestão e controle de ponto para organizar os horários de entrada, saída, almoço e horas extras dos funcionários.

O sistema de Folha de Ponto é obrigatório para qualquer empresa com mais de 20 colaboradores. Quando esse registro ocorre de forma incorreta, o colaborador pode entender que excedeu o limite de horas estipulado por lei, e a empresa pode ser penalizada dentro de uma ação trabalhista, obrigada a pagar multas e indenizações

Para evitar esse tipo de ação, organize o sistema de ponto e faça uma checagem dupla antes do lançamento oficial.

4. Não realizar o depósito mensal do FGTS

O FGTS é um direito constitucional do trabalhador e o pagamento do tributo é uma obrigação legal do empregador, que deve fazer o recolhimento mensal previsto em lei.

O depósito mensal do FGTS é um ônus do contratante e uma obrigação do Departamento Pessoal. Qualquer esquecimento ou falta de pagamento, levará a empresa à ilegalidade, ocasionando até mesmo, ações trabalhistas.

Organize-se mensalmente para realizar o depósito mensal e faça uma conferência prévia para checagem.

5. Erros na Folha de Pagamento

Não calcular a folha de pagamento corretamente pode acarretar muitos prejuízos para a empresa e para o profissional de DP.

A Folha de pagamento é uma das principais tarefas realizadas pelo setor. Não realizar o cálculo correto dos rendimentos, descontos, benefícios adicionais e impostos a serem recolhidos é um dos ativos que mais geram processos trabalhistas, além de refletir negativamente na imagem da empresa perante os seus colaboradores.

Tente utilizar softwares que facilitem o processo de geração de cálculo da folha e faça uma conferência extra antes do envio aos colaboradores.

Confira os principais erros no Departamento Pessoal que geram ações trabalhistas

Fonte: Jornal Contábil .