Conhecer seu cliente em real-time é o caminho certo para melhores vendas

A omnicanalidade é um dos assuntos do momento no mercado de consumo. Se os consumidores estão em todos os ambientes ao mesmo tempo, as lojas também precisam estar.

Pense em um shopping movimentado, por exemplo, com clientes circulando pelas lojas, vendo vitrines ou entrando para experimentar produtos e conferir mais de perto objetos de interesse, porém, sem desviar a atenção do telefone por um único minuto. O interesse de compra pode ser motivado por uma necessidade, por inspiração ou apenas por desejo. A referência de um modelo de tênis ou peça de roupa acessível que o influenciador publicou impulsiona a busca por aquele item específico ou outros semelhantes. Por vezes, a ansiedade de pegar o produto nas próprias mãos, observar detalhes e sentir a textura leva o potencial comprador à loja física. Mas o site da mesma loja, que disponibiliza uma vitrine infinita de produtos, está a um clique e 24/7.

Neste caso específico, a marca ganha a credibilidade do cliente de um jeito ou de outro. Mas como fazer para ir além do clique esporádico? Como cativá-lo, criar e manter uma relação? Fazer com que ele a defenda nas mídias sociais? A resposta para essas perguntas é o ouro do século 21.

A construção deste relacionamento com o consumidor vem pelo conhecimento de quem ele é, individualmente. O que ele gosta, quais traços deixa na internet. Marcas que sabem ler esses dados – com todo o respeito à privacidade do usuário exigida por lei – têm mais chance de se conectar com ele, oferecendo os produtos certos, na hora certa, no canal mais adequado, criando uma jornada personalizada 1:1.

Imagem: diloka107 / freepik

Voltando ao cenário do shopping, imagine quão especial o funcionário de uma loja pode fazer o cliente se sentir apenas por tratá-lo diretamente pelo nome e dizer “Oi, como você está? Olha, sabemos que você gosta de calça jeans nesse estilo aqui. Que tal conferir a novidade que chegou? Já separei um modelo no seu tamanho padrão, mas se ficar mais confortável podemos buscar outros números”.

Sabe como isso é possível? Com uma solução  CDP (Customer Data Platform) é possível orquestrar e coletar de diferentes fontes, canais ou dispositivos, dados estratégicos dos clientes e traçar um perfil único, sendo verdadeiramente omnichannel. Dessa maneira, o vendedor insere no seu sistema o CPF do consumidor, por exemplo e, encontra nome, tamanho, últimas compras e o programa pode indicar quais produtos a loja tem à disposição naquele momento que se adequam à descrição.

Extremamente simples hoje em dia, então por que ainda não disseminamos essa técnica? O mundo phygital já é realidade, principalmente no comércio. As marcas que quiserem se destacar e conquistar um lugar no pódio do relacionamento precisam se abrir para ontem no aspecto do real-time e garimpar esse ouro dos dados. A coleta e análise já está disponível por soluções Adobe. E, como nossos gurus dizem, o ideal é que todas as ferramentas sejam integradas, porque quanto mais híbrido, menos real-time.

Para nós, da WEBJUMP, é um orgulho fazer parte desse movimento e levar todas as empresas à transformação digital. Acreditamos em um mercado cada vez mais tecnológico, eficiente e inteligente. Com compradores satisfeitos e empreendedores visionários. É em busca deste momento que saímos de casa todos os dias.

Co-fundador da WEBJUMP e Chief Commercial Officer (CCO) desde então, Erick Melo é responsável por grandes contas e atuação na estratégia comercial da WEBJUMP.

Fonte: Conhecer seu cliente em real-time é o caminho certo para melhores vendas