Novo golpe usa nome da Receita Federal e erros no Imposto de Renda

Mais uma vez pessoas de má índole utilizam-se de subterfúgios para obter dados pessoais e roubar dinheiro dos cidadãos de bem. O golpe mais recente usa o nome da Receita Federal e induz as pessoas a clicarem em links maliciosos.

Mais uma vez a Receita informa que não se utiliza deste meio para entrar em contato com os contribuintes. Portanto, a instrução é deletar a mensagem. Veja como é o procedimento.

Como é o golpe

O ataque ocorre via email e nele é relatado que foram identificadas divergências no Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) sendo necessário clicar em um link ou baixar um arquivo para não ser multado. Na verdade, tudo não passa de uma farsa que tem o objetivo de roubar dados pessoais das vítimas e invadir o dispositivo, seja ele celular ou computador.

Quadrilhas especializadas em crimes pela internet são as responsáveis por este tipo de golpe. Desta forma, roubam dados cadastrais e financeiros dos contribuintes ou instalam programas nos computadores que captam e enviam informações pessoais.

Orientações

A Receita orienta aos cidadãos que ignorem este tipo de mensagem, não cliquem em links e nem façam download de qualquer arquivo.

Para verificar se há, de fato, alguma pendência no CPF ou imposto de renda, o recomendado é acessar diretamente o portal do contribuinte (e-CAC), com login e senha.

Outros golpes com o nome da Receita

Infelizmente essa não é a primeira vez que bandidos utilizam o nome da Receita Federal para aplicar golpes. Por ocasião das entregas das declarações do IR, golpistas enviaram mensagens de e-mails informando que a pessoa poderia cair na malha fina devido a informações inconsistentes.

Para dar mais veracidade ao golpe, chegou utilizar a a marca da Receita Federal o que induziu muitos cidadãos de bem a cair na armadilha.

Fonte: Jornal Contábil .