Utilize os melhores canais de marketing para potencializar seu e-commerce

Hoje, o consumidor compara preços pelo computador, acessa aplicativos de lojas mundo afora, compra via mobile e pesquisa produtos de dentro da loja física. É fato: a forma de consumir mudou. Logo, se deseja impactar o seu público-alvo, é essencial marcar presença em diferentes canais de venda.

A ideia aqui é promover e difundir um negócio e, consequentemente, fazê-lo converter mais. Afinal, as estratégias de marketing do seu e-commerce devem estar atreladas aos consumidores que se tornaram multicanais e, claro, aos meios escolhidos para essa comunicação, de fato, acontecer de forma eficaz.

Uma pesquisa realizada pela Harvard Business Review concluiu que os consumidores multicanais gastam, em média, 4% a mais em lojas físicas e 10% a mais quando compram on-line, se comparados com os clientes que compram apenas por um canal.

Redes sociais, SMS, comparadores de preço, e-mail marketing, Google Ads… Há muita tecnologia a favor dessa empreitada, por isso, antes de se aventurar em diferentes espaços virtuais, é fundamental compreender o que a sua persona costuma consumir e onde se concentra. Isso porque, dependendo do seu público-alvo e dos tipos de vendas, determinados canais não surtirão o efeito esperado, enquanto outros podem ser uma verdadeira mina de ouro.

Photo by @surasak.ch / freepik

Photo by @surasak.ch / freepik

Veja a seguir três canais que podem, e muito, ajudar a potencializar o seu e-commerce.

Redes sociais

Em uma sociedade digital, é praticamente impossível encontrar pessoas que não acessam as redes sociais. Para as marcas, especificamente, essas mídias são os meios ideais para gerar visibilidade, engajamento e, claro, conversões, tanto de maneira orgânica quanto paga. Instagram, Facebook, TikTok, Twitter, LinkedIn… Seja como for, uma dica é crucial para aderir a elas: adapte a comunicação conforme as particularidades de cada uma. Por exemplo: a linguagem construída para o LinkedIn não pode ser a mesma para o TikTok. Enfim, há um universo inteiro a ser explorado, desde posts/vídeos estratégicos para se aproximar ainda mais do público, passando por anúncios patrocinados até live commerces.

E-mail marketing

Ainda existe quem pense que o e-mail está morrendo (ou já morreu). Mas a verdade é que a maioria dos leads são nutridos por meio dessa ferramenta. As estratégias aqui incluem conteúdo segmentado e altamente personalizado, desenvolvimento da identidade da marca, aumento das vendas com destaque para itens que são frequentemente comprados, junto de itens semelhantes às compras anteriores do cliente, criação de ofertas especiais ou descontos para compras futuras, recuperação do carrinho abandonado e assim por diante.

Google Ads

Referência entre as ferramentas de pesquisa, o Google é usado por mais de 96% dos usuários, de acordo com o Statcounter. Se a maioria das pessoas “dá um Google” para tirar dúvidas ou buscar produtos específicos, nada melhor do que usar esse espaço para mostrar que sua marca pode ser a solução ideal para elas. A rede de pesquisa, também conhecida como links patrocinados, funciona por meio da compra de palavras-chaves relacionadas ao nicho de atuação. Assim, quando os usuários buscarem por essas palavras no Google, o seu site possivelmente aparecerá nas primeiras posições do ranking. Já a rede de display apresenta as propagandas da sua marca em sites parceiros.

Com as dicas em cena, já é possível trabalhar o marketing do e-commerce de maneira mais abrangente e eficaz. Agora a tarefa é priorizar os melhores canais conforme a sua persona e o seu modelo de negócio. Aí sim, prepare-se para alavancar as vendas!

A Corebiz é referência na implantação de negócios digitais na Europa e na América Latina.

download Contabilidade é na Rede Jornal Contábil - Portal de Notícias.